Liga-te ao nosso fórum para saberes as últimas novidades sobre o mundo dos videojogos, tudo em português. Também temos uma secção de clans no fórum. Regista-te para entrares neles Wink

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Videojogos sem necessidade de consolas

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

D!

avatar
Redactor
Redactor
O presidente da Activision Blizzard, Bobby Kotick, previu um futuro para os seus jogos onde não será preciso ter uma consola, revelou uma cultura da companhia dominada pelo cepticismo, pessimismo e medo, e mostrou uma nova tecnologia de renderização do movimento da boca e da face que pensa que irá transformar o sector.

Tudo isso foi revelado durante um discurso de 45 minutos na conferência Deutsche Bank Securities Technology que se realizou esta manhã.

De acordo com o site Gamespot, Kotick disse para esperarem que muitos dos seus produtos sejam jogáveis de uma forma independente sem que seja necessária uma consola, e explicou que Guitar Hero sem restrições dará mais força aos conteúdos descarregáveis. Kotick mostrou-se também impressionado com os serviços clouding como é o caso do OnLive.

De seguida, ele utilizou Call of Duty: World at War para mostrar como é pré-histórico o movimento da boca e das animações faciais nos jogos actuais. Mas não por muito tempo, uma vez que a Activision já tem uma nova tecnologia de renderização para a próxima geração que irá transformar o sector. Kotick mostrou um pequeno vídeo que demonstrava essa tecnologia.

No que diz respeito à próxima geração de consolas, Kotick disse que ainda não ouviu os fabricantes a falar sobre esse assunto, o que o leva a acreditar que neste momento os preços são a grande prioridade para a Microsoft, Sony e Nintendo.

Por fim Kotick falou sobre a sua companhia focar-se apenas no lucro; incutindo uma cultura de poupança ao empregar pessoas que irão "retirar o prazer de se fazer videojogos".

Os seus comentários explicam de alguma forma porque é que Call of Duty: Modern Warfare 2 vai ser mais caro do que os outros jogos do mercado, e porque é que DJ: Hero e Tony Hawk: Ride vão custar acima da média quando forem colocados à venda em bundles com os respectivos periféricos.

A confiança de Kotick dificilmente será abalada, principalmente depois do sucesso que Guitar Hero 5 está a ter no Reino Unido, onde está no primeiro lugar dos jogos mais vendidos da semana naquele território, e devido ao forte catálogo de jogos que a empresa tem previsto para serem lançados na época natalícia.

Ver perfil do usuário
Compartilhar este artigo em: diggdeliciousredditstumbleuponslashdotyahoogooglelive

Nenhum comentário.

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum